Ocorreu um erro neste gadget

26 junho 2012

Recital




POBRE DEDÃO
Lalau_Lázaro Simões Neto

Pobre dedão,
Um acidente ridículo, triste acontecido
Meu dedão, pobre dedão
Por um triciclo foi atropelado
Ficou roxo, dolorido, todo inchado
Meu dedão, pobre de mim
Como jogar futebol com ele assim?
Se eu chuto, ui.
Se eu corro, ai.
Se eu piso, ui.
Se eu jogo, dói.
Meu dedão, meu dedãozinho
Fique logo bonzinho.
Meu herói.




A CASA
Vinicius de Moraes

Era uma casa muito engraçada
Não tinha teto, não tinha nada

Ninguém podia entrar nela, não
Porque na casa não tinha chão

Ninguém podia dormir na rede
Porque na casa não tinha parede

Ninguém podia fazer pipi
Porque penico não tinha ali

Mas era feita com muito esmero
Na rua dos bobos, número zero



Nenhum comentário:

Postar um comentário